Porque as varizes pioram no verão? Como se prevenir

As varizes são veias visíveis, dilatadas e tortuosas que costumam aparecer nos membros inferiores, indicando que algo não vai bem na circulação do sangue venoso.

Infelizmente, o quadro costuma piorar durante o verão, e isso devido às altas temperaturas, que facilitam a dilatação desses vasos. O problema é que no Brasil é verão, praticamente, o ano inteiro.

Por isso, todo cuidado é pouco quando se tem vasinhos ou predisposição genética à varizes.

De acordo com a SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular) 38% dos brasileiros sofrem de varizes, sendo 30% dos homens e 45% das mulheres e mais de 50% dos casos estão associados ao fator genético.

Atenção com as varizes no verão

Como é no verão que as temperaturas costumam estar mais altas, o ideal é não ficar parado, porém, procurar caminhar em horário de temperaturas mais baixas, como de manhã ou no final da tarde.

No mais, assim que identificar a existência de varizes, a dica é procurar o especialista adequado, como um cirurgião vascular ou angiologista, o qual saberá avaliar todas as condições e indicar o tratamento adequado para cada caso.

Varizes X Faixa etária

E se engana quem pensa que varizes é problema de grávidas ou de idosos, na verdade, mesmo sendo mais comum acometer pessoas acima dos 40 anos, o problema também pode afetar jovens na faixa dos 20 e 30, principalmente, quem tem predisposição genética.

Varizes X hábitos

Hábitos do dia a dia também podem influenciar, por exemplo, quem trabalha muito tempo parado em pé dificulta o retorno do sangue das pernas para o coração, aumentando a pressão venosa.

Sedentarismo também facilita o surgimento de varizes, principalmente, naquelas pessoas que passam horas sentadas diante da TV ou computador.

Para reduzir esse risco, a solução é caminhar e movimentar as pernas sempre que possível.

Varizes X hormônios

Sem dúvida, a variação hormonal é uma das principais causas das varizes, explicando a maior incidência do problema nas mulheres, principalmente, durante a gestação.

Os picos de hormônio provocam uma dilatação das veias.

Varizes X obesidade

O excesso de peso também entra como uma das principais causas das varizes, e isso por acabar dificultando a circulação e, assim, favorecendo o surgimento das varizes.

Sendo assim perder peso é muito importante para evitar o problema, usar algum creme para ativar circulação das pernas é uma boa ajuda para aliviar as dores enquanto você estiver se esforçando para emagrecer.

Principais riscos

Infelizmente, muito além do fator estético, pacientes com varizes podem enfrentar algumas complicações.

Por exemplo, se uma pessoa bater a veia acidentalmente, ela pode, dependendo do grau da varize, provocar varicorragia, que é um sangramento no vaso, ou flebite superficial, caracterizada pela formação de um coágulo na veia. Além de causar muita dor e inchaço, isso pode levar a pessoa a ficar de uma a duas semanas fora de suas atividades.

Pessoas com varizes muito grandes, por exemplo, podem acabar desenvolvendo úlceras varicosas (feridas na pele) e, em determinados casos, até mesmo, trombose venosa profunda, que é o acúmulo de coágulos nas veias.

Embora não seja muito divulgado, a trombose venosa profunda é uma condição gravíssima que provoca um inchaço em toda a perna, caso o problema não seja tratado imediatamente, há riscos dos coágulos da veia profunda atingirem o pulmão, e isso levar à morte.

Toda atenção é pouca

Infelizmente, por ser uma doença progressiva, comum e com sintomas leves, as pessoas costumam levar anos para descobri-la e tratá-la corretamente.

O problema, no entanto, se manifesta através da sensação de peso nas pernas no final do dia e inchaço, embora costume incomodar apenas quando as veias ficam muito aparentes, só quando está esteticamente desagradável.

Prevenção

Por isso, é preciso se prevenir do problema, principalmente, quando houver predisposição genética, quanto mais cedo detectar e tratar, mais chances terá de resolver o problema.

Por isso, para prevenir as varizes, a dica é utilizar meias elásticas de compressão, dessa forma, evitando que as veias se dilatem; outra dica é procurar manter, sempre que possível, as pernas elevadas durante o repouso; evitar ficar muito tempo em pé ou sentado, praticar exercícios físicos, como caminhadas.

Tratamentos disponíveis

Atualmente, existem vários tipos de tratamentos para varizes, desde mais superficiais até os mais invasivos, para casos mais graves. Dentre os principais tratamentos no momento, podemos destacar os seguintes:

  • Escleroterapia com espuma
  • Escleroterapia com glicose
  • Escleroterapia a laser
  • Cirurgia com endolaser
  • Cirurgia tradicional
  • Radiofrequência

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *